Verdade VS Mentira

pexels photo 4116661 Magda Ehlers


“A verdade serve para muito pouco, na verdade.” – Era esta a mensagem que constava no outdoor. Fiquei indignada com tal inscrição. Discordei por completo! Interiormente tentei rebater a ideia, até que, comecei a escrever:
«A verdade serve para tudo, cabe em todo lado, faz todo o sentido! Pode estar oculta no sentir, no ser. Mas, onde ela permanecer será luz. Luz do dia em raios de sol a cada manhã. A verdade é emancipadora!
Costuma dizer-se que “a mentira tem perna curta”. Infelizmente, nem sempre. Há mentiras que duram anos e anos, porém outras, nunca se descobrem.
A Mentira é tortuosa, maléfica, comprime a garganta, amarra e agoniza o ser humano.
Quantos presos inocentes através de uma falsa verdade sem que ninguém venha contrastar tal mentira que lhes roubou a liberdade …
Na sociedade há omissão de verdades que segregam a população…
Por vezes, mesmo declarando a verdade ninguém acredita. Provavelmente porque houve mentira primeiro…
A verdade também dói mas é essencial. Pode ser dura e agreste. Arrasta pessoas para a depressão. Seja traição, morte, violação…nestes casos, o que fazer com a verdade? Mentir? Fingir, crer que não aconteceu? Não! Há que continuar, conscientizar da realidade, pedir ajuda, valer-se da amizade, acreditar na mudança…
A verdade também é esperança!
Há ansiedade em revelar a verdade? Fôlego em certeza!
Servir-se da verdade é… sentir serenidade, paz de espírito, a alma tranquila, a consciência quieta.
Nenhuma mentira é filha da verdade. Não há mentiras grandes e pequenas. Existe a MENTIRA.
Na verdade, a MENTIRA não serve para nada, extorque-nos o tempo, baralha-nos a emoção.
Quem quiser socorrer-se da mentira será um traidor da VERDADE. Até porque MENTIRA gerará MENTIRA e a VERDADE germinará VERDADE.
Nos enredos da existência, o abandono da MENTIRA será, em verdade, a vida de VERDADE!»
Foto: Magda Ehlers

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top