Contos

Natal cor de rosa, andrea ramos

O Natal é cor de rosa

Naquele dia, ela tinha vontade de dar. Não sabia como fazer, como começar.Recortou um pai Natal bondoso de uma revista. Ela sabia que ele deixava …

Ler Mais
a minha tia

A minha tia

Olhou para o relógio de pulso, orgulhosa. Uma prenda do marido. Maria fazia a viagem de comboio para ver a tia, doente há algum tempo. …

Ler Mais
miúdo

Miúdo decidido

O petiz amava mergulhar nas águas frias de Santa Cruz. Aprendera a nadar nas aulas de iniciação aquática. A cada verão, era vê-lo na sua …

Ler Mais
zeca

Zeca

ꟷ Cansado, eu? Sim, muito cansado, farto até. Fartei-me de a aturar. Ela fazia-me mal. Aguentei muito. Aguentei demais. Abusava da minha confiança, da minha …

Ler Mais
Estrela natalícia

Estrela Natalícia

Disse-lhe o nome e o comboio percorreu os trilhos furtivamente. Ele, inesperadamente, lançou o livro janela fora. O coração dela pulou de ânimo mas desfaleceu …

Ler Mais
labirinto

Labirinto

Subiu as escadas e ingressou pelo escancarado pórtico. Na obscuridade pairava teimosa neblina. Ruas aguçadas, emaranhado de nós. Portas, janelas, ora diferentes, ora iguais. Nas …

Ler Mais
the stars

The Stars

Cris era uma criança destemida. Gostava de chocolate, de brincar às escondidas com os amigos do bairro e de animais. Gostava de observar as estrelas.Numa …

Ler Mais
almofada

Almofada com super poderes

Era uma vez uma almofada com superpoderes, julgava o Salim. Todas as noites, numa espécie de quarto, Salim, em cima da almofada improvisada, voava. Fechava …

Ler Mais
lembrando

Lembrando os missionários que se sujeitam a tantos perigos…

Junquer, tu não podes arriscar tanto! Gritou Helen à medida que corria junto ao comboio. Ele, sentado ao lado de uma velhinha de óculos escuros, …

Ler Mais
nascente

Nascente

Ele vivera nas ruas até então. A esperança desvanecia-se a cada luar. Todos os dias a comida saciava-lhe o estômago, mas não a alma.Certo dia, …

Ler Mais
Scroll to Top