Anterior
Next
Anterior
Next
Andrea com livro aberto soltando estrelinhas scaled

Sobre Andrea Ramos

Nasci em Águeda a 25 de outubro de 1976. Vim de uma família tradicional, cedo comecei a trabalhar, o percurso escolar, não pude continuar. A arte sempre foi a minha paixão. A poesia nasceu de uma vontade imensa em explicar o que sentia. Plasmava intensidade nas palavras. Depois do casamento, regressei aos estudos, um período difícil, porém de superação.

A escrita acompanhou a minha vontade de crescer, de ser mãe, de liderar áreas e de desenvolver projetos na área da educação. Participei num Currículo para adolescentes e sou coautora do livro Ser Mulher (Edições NA). Na Revista Evellis, fui desafiada a escrever crónicas. Ao longo do tempo, várias pessoas me diziam: «Tens de escrever um livro». Tudo passa por acreditar.  Nada se constrói sem esforço, determinação. E não basta a vontade de escrever um livro, há que estudar, inovar, aprender e agir. 

Em 2020 nasceu a história de uma adolescente que procura vivamente a sua identidade. Tal como todos os adolescentes, a protagonista passa por dilemas intensos. No entanto, uma amiga muito especial e a sua família vão dar-lhe o suporte que ela necessita para vencer. (Muda) O Meu Nome é lançado em novembro de 2020  em Portugal e nem uma pandemia me impediu de realizar um grande sonho!

Mais de 1000 exemplares foram vendidos, desde então. Adolescentes identificam-se com esta história e apresentam o livro na escola, dizendo que este os ajuda a ter mais autoestima. Incrivelmente os adultos amam este livro. 

Próximos Eventos

No event found!

Artigos Recentes

A autora escreve desde a adolescência e partilha aqui os seus textos e poemas.

agradecer pelos amigos, andrea ramos
Reflexões

Agradecer pelos amigos

E vem aquele dia em que já não sabemos o que fazer ou como fazer. O dia em que nos vemos açambarcados de problemas. O

Leia Mais »
autismo conscientização versus ação Andrea Ramos
Crónicas/Textos de opinião

Conscientização versus Ação

(Estou incrédula e em choque! Há semanas escrevi este texto e passado uns dias, uma criança autista é atropelada!)«A sala não tem tamanho suficiente para

Leia Mais »
Natal cor de rosa, andrea ramos
Contos

O Natal é cor de rosa

Naquele dia, ela tinha vontade de dar. Não sabia como fazer, como começar.Recortou um pai Natal bondoso de uma revista. Ela sabia que ele deixava

Leia Mais »
Scroll to Top