Puzzle

23376590 1500201410092693 923850124166790839 n

Nunca fui excelente a encaixar peças de «Quebra-cabeças». Talvez porque em criança não tive muitas oportunidades para o realizar.

Na vida quotidiana também lidamos com quebra-cabeças. Há puzzles enormes com múltiplas peças e detalhes ínfimos. É um desafio engraçado e que traz variados benefícios. Algumas pessoas desenvolveram ‘esta arte’ e com rapidez superam o objetivo. Em família é um excelente passatempo.

Experimente quem ainda não o fez.

Na infância desenvolvemos o raciocínio através de muitas atividades que nos são propostas. Os puzzles auxiliam nesta área e também na perceção espacial e visual.

São ótima ferramenta para pais e educadores porque através da brincadeira se trabalha para atingir determinado alvo, criando estratégias, lidando com a resolução de problemas, sucesso ou falhanço, tópicos que se podem trazer para as rotinas diárias da criança.

Dependendo da temática coadjuvam na aprendizagem de conceitos e do mundo que a rodeia. Permitem o desenvolvimento da motricidade fina e da coordenação olho-mão. Quando feitos em conjunto com os pares promovem a cooperação e laços sociais.

Para alguns adultos um hobby. Diz-se que são para todos as idades. Dependendo dos materiais e da complexidade, digamos que há puzzles para todos os gostos, e todos os preços…Há aqueles que originam belos quadros, propiciando aos seus executantes horas de concentração mas também de satisfação.

Na eventualidade de já não saber o que fazer aos que tem lá em casa, lanço a partir de agora uma série de sugestões. Pode doa-los a uma instituição para que sejam úteis para outrem.

E porque não reaproveitar?

Pinte as peças de 2 ou 3 cores e faça uma grinalda para a festa de aniversário dos seus filhos ou para a árvore de Natal. Há ainda enfeites criados a partir de puzzles, com um pouco de gliter e de imaginação, quem sabe nem precisará de gastar dinheiro nos enfeites deste ano.

Além disso é uma atividade que pode fazer com as crianças. Embrulhe um presente com papel craft e junte 2 peças pintadas de preto, escrevendo nelas uma mensagem.

Decore uma moldura com as peças, pode pinta-las ou não.

Anexe 1 clipe a uma peça e faça um marcador de livro.

Elabore uma tela criativa, por exemplo com o troco de uma árvore pode fazer das peças folhas, ou um coração, ou apenas uma composição abstrata.

E assim termino este desafio de escrita que me deu algum trabalho. Refletindo… também somos peças de um puzzle maior, todos somos diferentes. E ninguém é perfeito. Quando falta uma peça, o puzzle já não se conclui, o que me leva a pensar como todos somos importantes.

Tal como Deus nos considera, Ele ama a cada pessoa individualmente. E como num «Quebra-cabeças» vivemos em complexidade. Devemos ter poder de encaixe para ultrapassar situações que nos vão surgindo.

E por vezes, é só mudar o ângulo. E a paciência necessária? Já disse a alguém «Obrigado por seres a peça que me completa?» Eu já…


Foto: internet

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Missão cumprida

Quantas vezes percebemos jovens que não sabem o que fazer no futuro? O dilema de escolher um curso universitário vem à tona à medida que se aproxima o final do secundário. A depressão, a ansiedade,

Leia mais »

Aprisionados

Sim, estamos a viver como presos dentro de celas, dentro de nós mesmos, dentro de uma máscara, dentro de quartos, de casas, enfim. O que estamos a fazer às nossas crianças? Aos nossos adolescentes e

Leia mais »

A vida inteira à espera

Estamos sempre à espera. Passamos a vida inteira a esperar! Esperamos para nascer e para morrer. Esperamos nove meses pelo filho que há-de nascer. Pelas surpresas que são mesmo surpresas, por aquelas de quem esperaríamos

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top