Crónica – Megafone – Público – Porco, para que te quero?

«Quem recorda o porquinho da infância? O meu ainda está vivo! De cerâmica, gravado com o nome. Existem soluções para todos os gostos: marcas, cor, formas, materiais e personalizações.»

Siga o link onde poderá ler todo o texto acerca de poupança:

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

professor

Professor Real

Lembro-me do respeito que existia na escola antigamente. Cada um na sua função, aluno e professor, sem atropelos. Um professor, figura importante na educação. Pode e deve ser uma inspiração. Recordo a minha professora primária

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top