Não vale a pena desesperar – o amanhã será bem melhor!

18033022 1295473713898798 9106403166882833319 n

Encontrei a tristeza, ela queria aprisionar-me, puxava-me os cabelos e espancava-me com força.
O lago de lágrimas surgiu.

Mas eu resoluta ansiava vencer.
Decidida a mudar, enfrentei-a!


Dei um passo de gigante, pulei-lhe para cima e pisei-a com todas as minhas forças.

A cada gemido seu eu tapava os ouvidos.

A cada investidura sua eu rodava sobre mim e dava-lhe golpes de mestre.

A luta foi renhida!
Venci!


Posso descansar enfim, encontrei a serenidade e a paz.


Histórias em 77 palavras. Imagem: internet

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

sempre o natal

Sempre o Natal

Mariana, em criança sempre quis ter uma Barbie, mas nunca teve! Sempre que se aproximava o Natal, pensava que chegaria o momento… A sua triste miserável realidade, sempre a deixava em baixo, chorosa. Lida do

Leia mais »
desafios de escrita, voar

Voar

Ontem roubaram-lhe a bicicleta. Na garagem ficou, desolado. Pedro não queria viver. Viver sem a camarada! A amiga de sempre… Não encontraria outra igual. Decidido, raivoso, saiu depressa. Subiu as escadas, doido. Ligou à polícia,

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top