Maria

pexels photo 1076584min an


Maria descalça. Só Maria, de pura linhagem!
Maria só, descalça, escoltada pela brisa marinha.
Maria, despida da solidão de outrora, sentia-se agora mulher afortunada.
A praia? Testemunha do seu fulgor!
A maresia? Senti-a afagar-lhe o rosto em carícias memoradas. Jamais alguém lhe arrancaria do coração, tal
desenfreada sensação!
E lá permanecia Maria, na areia deitada, em colcha de amor, regada.
Maria fechou os olhos, abraçou o sol, vestiu-se da nívea claridade e, em gesto de seriedade, calçou-se.

2016. DESAFIO nº18. 77 palavras. Foto: Min An

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top