«Memory Lane»

84441458 2766184663494355 4427041208254070784 n

Era um tempo diferente sim
Não tinha pressa de ser gente ou de ganhar a corrida
De sonhos ausente como se vivesse despida

Brincava assim
Procurava agulhas da (querida) costureira
Que já estava num frenesim
Uma saia às pregas para a boneca que não tinha
Entre linhas e botões aprendi a fazer bainha

E era o baloiço de uma cabana cenário
Enquanto mães esfregavam roupa à mão
As primas criavam o mistério
Aquele faz de conta que eu levava muito a sério

A pé para a escola
Quebrava o gelo nas poças do caminho
Lá cantavam-se canções, jogava-se ao lencinho
O medo das reguadas era vigente
E nós, pedaços de gente
Aprendíamos a ser
Onde o respeito, naturalmente, vinha a acontecer

De cabelo ouro entrançado
Por dedos trabalhados na lida
Mesmo sem bolo de aniversário
Entendi que o amor é a chave da vida


Foto: Andrea Ramos

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

A glória é para o Senhor

Sou pequena, simAliás, não sou nada(reduzo-me a pó)O meu Deus é grandeO contraste nada igualaSem Ele eu pereçoÉ claro, nada mereço!Sua infinita misericórdiaSeu imenso amor e perdãoJá abrange todo o meu coração. Poderei ao mais

Leia mais »
poema como está hoje o teu coração

Como está hoje o teu coração?

Preocupado?Indiferente?Ansioso? Feliz?Cansado?Sereno?Triste? Amargurado? Magoado?Ou está simplesmente fechado? De trancas à porta!? Deus está aqui hoje e isso importa!Deus espera-te hoje! Ele bate à tua porta! Como está afinal o teu coração?Se ferido, ELE pode curá-lo!Se

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top