War and Peace

22815611 1488034491309385 379735092442603782 n

Guerra… qual insanidade
Revestida de ódio, intrusão
Sangue vivo da humanidade
Jorrante em qualquer idade
Voracidade, sofreguidão
Triste realidade (que atenta meu coração)

Guerra no mundo nosso
E o nosso mundo absorto
Esse poderio desmesurado
Cresce hoje ao segundo
E num segundo o inocente acaba morto

Quantas vidas ceifadas
Por quem não se interessa pela vida
Aprenderam na escola do egoísmo
A doutrina terror e narcisismo

Mas a escola da paz é diferente
Molda corações de gente
Instrui de forma decente

Lá impera a dignidade
E só se escrevem palavras de sinceridade

A vida gera fecundante
Faz o nosso mundo risonho e tolerante
Onde o sonho não é quimera
É verdade presente, constante
Brota serenidade e não se desespera

Para o bem do mundo nosso
Busque-se a escola da paz na rua do amor
Diga o incapaz «Eu posso!»
Saiba o apaziguador
Que fruirá contentamento profundo
Acabar-se-á assim com a guerra no mundo.

Foto: internet

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top