Esquecido

esquecido foto kat smith

Quando és esquecido, desvalorizado
Quando és posto de parte, abandonado

Quando te sentes só, desprovido
Quando buscas um amigo

Quando és tu sem mais ninguém
Quando te lembras da tua mãe

Quando as lágrimas são muitas
Ou de tanto chorar já nem as tens

Quando te esforças e não se lembram de ti
A tua voz não importa, nem a porta se abre para ti

Quando desejas e não tens, sentes e não vês
Quando és uma imensidão de porquês

Quando o coração bate sozinho
O silêncio dói, foi-se o carinho

Quando queres apenas dizer o que sentes
Mas a plateia fica indiferente

Quando a sorte não vem
Apenas te entende o além

Quando a paz chega sem esperar
E quem te ama apenas quer doar

Quando finalmente a dor se vai
O amor chega de mansinho
Serás gente no caminho

A voz de um pai
O amigo que vem
O prazer que acalenta
O medo que sai
O ser inocente que, um dia
Quis ser gente

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

voltaste

Voltaste!

Dei-te hoje o meu regaço.Deitaste a cabeça e fechaste os olhos.Estavas cansado de ouvir os estrondos, os estilhaços.Cantei-te uma canção baixinho.Passei a mão na teu cabelo, pareceu-me um ninho.Embalei-te por instantes. Disseste que estavas farto

Leia mais »
fecho os olhos

Fecho os olhos

Fecho os olhos e respiro fundoVagueio e percorro o mundo Lembro-me da vida antes de um intrusoQue deixou o mundo confusoNão havia medo do amanhã, parecia infindávelEsse intruso veio e não é confiável Lembro-me dos

Leia mais »

O Amigo fiel

Um dia encontrei um amigo tão queridoQue me deu seu perdão, me ofereceu salvação Ficou ao meu lado nos medos, nos anseiosNão se afastou, mas sempre me guardou Encheu a minha vida de alegriaTrouxe-me esperança

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top