Como revelar amor ao filho adolescente?

andrea ramos muda o meu nome 2

Vamos falar de autoestima em 12 dias?
Uma obra para adolescentes que os ajuda a ter mais autoestima!
Um livro já considerado best-seller em Portugal!


Por vários dias, vou deixar algumas dicas para você que tem adolescentes em casa, poder ajudá-los a ser mais felizes consigo mesmos.

Alguns adolescentes dizem que os pais não deixam ser quem eles são e não confiam em si. Falámos na publicação anterior sobre comunicação e como ela é importante para o relacionamento entre pais e filhos.

Enquanto pais não podemos criar os filhos adolescentes da mesma forma como quando eram crianças. A adolescência é uma fase de transição para a vida adulta. A mudança é notória e é a sua presença que ajudará o adolescente a perceber que é algo natural. Nem tudo é perfeito. Nem os pais nem os filhos.

Cria expectativas quanto ao seu filho? Em quantas casas existem discussões feias, dizendo o que não se quer em vez de palavras de afirmação? Deixe que o seu filho se sinta amado. Valorize-o.

Nunca o compare com o irmão ou irmã. Lembre-se que cada adolescente é diferente, perceba as suas preferências e respeite a sua personalidade.

Seja genuíno. Aja com o coração.

Quando não se supre a necessidade de amor, eles vão procurá-lo noutros lugares.

«Não existe ingrediente maior para o crescimento do que o amor» H. C. & J. T

Já notou como ele é uma vida única? Respeite a sua individualidade. Aceite-o, mesmo que não aprove o seu comportamento, dizendo «tu és meu filho e nunca te vou rejeitar, irei amar-te, independentemente do que aconteça» – este é o amor incondicional. O seu amor incondicional fará a diferença na vida do seu adolescente!

Esteja com ele nos momentos menos bons e nos momentos felizes.

Tem medo de dizer «Eu amo-te»? Nunca tenha medo de dizer ao seu filho que o ama, com palavras carinhosas. Expresse amor de forma significativa e com regularidade. O amor trará paz. O seu amor dar-lhe-á a segurança que ele carece.

Escute o seu adolescente ativamente, revele interesse no seu discurso, nas suas histórias.

Saiba quanto o toque afetivo conta, como o caso do abraço.

Se necessário, escreva cartas e bilhetes de encorajamento, expressando o vosso sentimento como pais.

Peça a opinião dos seus filhos, incluindo-os nas decisões. Reconheça erros e peça desculpa.

Os pais desta história (Muda) O Meu Nome desenvolvem uma estratégia: revelar o seu amor à filha, proporcionando segurança emocional.
Elogiam a filha pelo seu esforço, celebram as suas conquistas, reconhecendo o progresso e fazem-lhe surpresas especiais.
Dedicam-lhe tempo de qualidade, conversam, partilhando histórias pessoais ou que transmitem mensagens de superação e amor, riem e promovem atividades juntos. Acolhem as suas frustrações e tristezas, sendo compreensivos, dando um ombro amigo. Dão-lhe apoio, estando lá para ela, no que ela precisa e mostram interesse nos seus hobbies.
São pais constantes na demonstração de amor e a filha sente-se amada e valorizada.

Deixe os seus comentários e se gostar, envie aos seus amigos.
Ofereça esta história aos pais de adolescentes e promova a leitura como meio de melhoramento do relacionamento entre eles.  
Leia o texto anterior acerca de autoestima: https://www.andrearamos.pt/como-comunicar-com-o-adolescente/

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

resultados

A solidariedade em Ação

Resultados da 1ª edição Amo pessoas. Penso em cada vida como arte. Desde cedo que eu reflito acerca da solidariedade. Penso nos mais fracos, nos excluídos, nos que estão sós, nas pessoas tristes, nas crianças

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top