Alma Lusa

pexels photo 11294249zally

Andava passo a passo naquela galeria, engoli-a sapos! Não podia fazer barulho. Coisa que o danava e lhe provocava alergia. Estava de má vontade. Queria nesse Advento visitar a tia do Iraque. Mas enfim, agora tinha que aguentar.
Na aula de matemática, a má disposição voltava. Detestava os colegas betinhos. Durante o dia, sentia-se só e abandonado, pela noite, observava a lua, daí, cavaquear com as estrelas.
A cada instante, a alma lusa navegava em mares distantes…

2016. DESAFIO nº 56. Histórias em 77 palavras. Foto: Zally

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top