Assim como tu

65367906 2309337915845701 4169978486351462400 n


Vi pessoas assim como tu
Imersas na escuridão
Mergulhadas numa profunda e densa maré
Sobreveio-lhes o turbilhão
Foram levadas de arrastão
E nunca mais tiveram pé

O que me chateia é que não tentaram sequer
Resignaram-se a perder
E outras alheadas à situação
Preferiram gozar a sua bela vida, sem o merecer

Qual navio gélido de prazer
Imagem desfigurada!
Galante exibindo solidão…
Que fiz eu pra isso não acontecer?
Nada!
Um dia o mundo te viu morrer!!!

Histórias em 77 Palavras. Desafio Nº 164. Foto: internet

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top