Agradecer pelos amigos

pexels archie binamira 754769
Foto: Archie Binamira

E vem aquele dia em que já não sabemos o que fazer ou como fazer. O dia em que nos vemos açambarcados de problemas. O dia em que os de perto não estão. O dia da solidão.
Quantas vezes ouvimos histórias de alguém que pretendia tirar a vida devido ao desespero e, eis que alguém telefona ou o pensamento invade trazendo lembranças que fazem mudar de ideias.
Onde estão os amigos? Os amigos são quem nos ajuda quando mais ninguém quer. São aqueles que estão lá quando é preciso. São os que ouvem os lamentos e o som das lágrimas.
Os amigos, certa vez, reuniram forças para ir levantar alguém que estava acamado, um paralítico. Aquele que não se podia mover. Aquele que estava limitado. Os amigos suplantam barreiras. Os amigos distanciam-se dos problemas e enxergam soluções. Os amigos arranjam soluções. Os amigos não olham a impedimentos, não ligam ao que os outros vão dizer, apenas porque alguém carece de socorro. Esses amigos levaram o acamado até Jesus e a criatividade proporcionou-lhes o registo bíblico para que a história fosse contada a gerações e gerações. Aqueles amigos sabiam das suas dificuldades e levaram-no a quem o poderia curar. Subir ao telhado não é para todos. Os amigos não olham a meios e fazem esforço para nos ajudar.
Por vezes, os amigos são os inesperados.
«O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade.» Provérbios 17:17
Lembrar de um amigo, lembrar de ser amigo. Acordar e dizer: vou ligar a um amigo. Decidir tornar-se amigo. Desenvolver relação. Doar o seu coração sem nada esperar. Partilha. Orar pelos amigos. Agradecer a Deus pelos amigos. Jesus deu a vida pelos seus amigos. Jesus, o maior amigo da humanidade.
Os amigos que se vão. Os amigos que perdemos. Os amigos da empatia. Os amigos que nos dizem a verdade mesmo que ela custe a ouvir. Os amigos que não nos levam por caminhos maus. Os amigos da compaixão. Amigos que nos escutam horas a fio. Amigos da mesa. Amigos da camaradagem. Amigos sem palavras, só de olhar. Amigos que nos dão certezas. Amigos dos conselhos. Amigos do perdão. Amigos para sempre. Amigos da infância que nunca esquecemos.
Histórias que recordamos por toda a vida. Os amigos estão lá. Guardam-se na memória. Amigos únicos. Amigos verdadeiros, honestos, sinceros. De amigos do faz de conta estamos fartos. Os amigos choram quando choramos. Riem quando rimos. Dividimos a carga, fica menos pesada. Dão-nos a mão para nos erguer quando estamos de joelhos ou de rastos. Amigos são como jardim florido. Um porto de abrigo. Amigos são como o pasto verde que os olhos não alcançam a totalidade. São como o rebuçado que adoça a boca. Amigos são como o sol que nasce depois da noite escura. São o acalmar da tempestade. Para ser amigo não há idade. Amigos da aventura. Amigos das loucuras. Amigos que nos livram de perigos. Amigos do sorriso aberto, da sensatez, que nos fazem entender os porquês.
Amigos têm nome, podemos é não conhecer esse nome. Tal como a história dos 4 amigos. Não sabemos o seu nome, conhecemos a sua atitude generosa, altruísta.
O amigo é a cereja em cima do bolo. É a quem chamamos de tolo mas não sabemos viver sem ele. Não esqueçamos a regra de ouro: fazer o que gostaríamos que nos fizessem.
Sou grata pelos amigos que caminham comigo. Que Deus os abençoe. Que Deus recompense todos aqueles que são amigos na essência. Obrigada, Senhor, pelos amigos da vida. Sem eles tudo era mais frio e cinzento. O mundo perdia do jardim as flores. Não mais se escutavam as longas conversas, não havia abraços nem risos disparatados, risos propositados. Vivam os amigos. Celebremos a sua capacidade, a sua vontade de ser amigo.

Publicado na página PT em oração

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top