Valeu a pena

pexels photo 1974856

Agosto. Não me esquecerei.

Entendi o teu semblante. Senti a tua dor, o teu desgosto.

Foi-se a tua mãe querida desta vida.
Estive sempre lá, nunca a contragosto. Sabes quanto te gosto.


A tua sincera amizade, qual saco de mantimentos, qual mina de ouro!
Daí em diante, crescemos separadas. O tempo desgastou-nos. Mas nem por isso esvaziámos o saco ou a mina.

Valeu a pena, foi a gosto.

Agora sozinha…tenho terna, gostosa e saudosa lembrança desse Agosto…

Histórias em 77 palavras. DESAFIO nº50. Foto: Julia Kuzenkov

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

desafios de escrita, Maria

Maria

Maria descalça. Só Maria, de pura linhagem! Maria só, descalça, escoltada pela brisa marinha. Maria, despida da solidão de outrora, sentia-se agora mulher afortunada. A praia? Testemunha do seu fulgor! A maresia? Senti-a afagar-lhe o

Leia mais »
a minha saia

A minha saia

Emprestei a minha saia amarela à Sofia (Oh não!) A safada devolveu-me estragada, no outro dia. Vou gritar!!! A fúria que sinto leva-me a pensar: Quero-me vingar! A saia já a perdi… (Sofia, Sofia!) Tento-me

Leia mais »
brincadeiras

Brincadeiras

Cátia, a arisca, nunca parava de chatear Raquel.Beliscava-a, fazia-lhe caretas e furtava-lhe as canetas. Era demais! Nem sequer insistia em lutar pela amizade. Certa vez a Cátia precisava de um papel, mas a amiga Raquel

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top