Onde Vais Portugal?

Onde vais Portugal

«Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.» Salmos 67:3

Eu por ti, Portugal, enamorada
Acho-me desiludida mas, esperançada
Celebro o teu nome em fé abraçada.

Um Portugal de saudade feito
Conquistas penduradas ao peito.

Portugal, ai Portugal, qual vagabundo
Amarrado, deixaste o Senhor de lado.

Orgulhoso do teu passado e sem temor
Descobriras afinal meio mundo
Mas perdeste a coragem de vencedor.

O fado não te deixa ser feliz de verdade
Porque na verdade não caminhas certeiro
Perderam o norte o campo, a cidade
Segues a caminho da morte, sorrateiro.

Portugal de artistas, a criatividade exportas
E importas desnorteios de maldade.

Portugal, Portugal não prevines loucuras ao novo
Perdeste valores numa relação confusa de amor, obscura
Avança cada traidor à custa da dor de um povo.

Portugal de paisagens singulares
De comida deveras enaltecida

Onde estão afinal os teus pilares?
Onde estão afinal os teus pilares?


Enquanto eu lusitana choro de lamento, de tristeza
Erguendo a voz na língua portuguesa

Senta-se qual elite à mesa num repasto pervertido

Já dizia o poeta «O amor é um só, não pode ser partido»

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

tristeza

Tristeza

TristezaÉ o que sinto, abatimento Mesmo que o mesmo não sintasContinua a arder cá dentro! É pedaço, é ferida que dói!É sentimento forte que corrói. Dói o silêncio, o calarA amargura dos olhos teus,Patenteia o

Leia mais »
natal

Natal (embrulhado)

Este é um poema de NatalEmbrulhado de maneira talQue em jeito de exclamaçãoVos trago um amor seguro no peitoComo oferenda ao vosso coração Natal que é nascimentoIgnorado, esquecido por vezesBrilham luzes cintilantes no adventoMas apagadas

Leia mais »
andrea ramos, familia

Frame it – Family

A família é… Doce surpresa embrulhada em invólucro dourado No interior de mochila cheia atada com nós de amor É lenço impregnado em perfume de flor É paleta de tinta ao jeito do pintor É

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top