O amor de minha vida

15230771 1143318795780958 6278658339898318549 n

Minha querida Expo’98
Quão longínqua estás do meu coração!
Tantos dias ainda faltam para te ver…
Quando ouço falar no teu nome
No rádio, na televisão
Já nem sei o que fazer!

Meu desespero é tão grande
Que o rio Tejo quase não alberga todas as minhas lágrimas.
Estou desesperado!
Por favor, apressa-te pois anseio muito ter-te a meu lado!
A ponte Vasco da Gama tentou-me consolar
Mas nem mesmo assim consegue aí chegar!

Sim, sem dúvida és o Amor da minha vida!
Aquela por quem sempre esperei
Aquela por quem sempre espero…

1998. Para o Diário de Notícias sobre a Expo’98 – ‘Concurso’ em 98 Palavras
Foto: internet

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

professor

Professor Real

Lembro-me do respeito que existia na escola antigamente. Cada um na sua função, aluno e professor, sem atropelos. Um professor, figura importante na educação. Pode e deve ser uma inspiração. Recordo a minha professora primária

Leia mais »
poema lembranças e mudanças

Lembranças e Mudanças

Hoje que vos falar sobre um passado por vezes tristeOutras vezes bem alegre,Pois eu sei que existe! E é com este começoQue a todos vós peçoQue ouçam com muita atençãoPor isso, desde já vos agradeço

Leia mais »

Planta o Amor

Planta o amor que vem de Deus no teu coração.Esse amor é dádiva. Esse amor é pleno, total. É amor sem defeitos. É amor real, verdadeiro. Esse amor traz paz… Se amas alguém…Rega esse amor

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top