O amor de Deus

pexels photo 943150 rafael pires

Naquela noite estamos tristes
Vazios, sem alguém
Custa o tempo a passar
Nem apetece ver ninguém

Quantos passam por isto afinal
A noite é escura e vazia
O sofrimento é infernal
Mas há UM que isto não queria

Quantas vezes as lágrimas parecem não ter fim
E…continuamos a sofrer
Mais parecem rios
Que não param de correr

Quantas vezes o túnel é tão comprido
Qua a luz ao fundo não vemos
Na tristeza então mergulhamos
Pois carinho, paz não temos

A dor toma conta de nós
E não nos apercebemos
Falta alegria, falta calor
Falta o amor de alguém que não temos

Esse alguém é o meu Deus
Que me ama a valer
Posso ter a presença
Deste Supremo Ser

O amor de Deus é tão grande
Que ninguém consegue imaginar
Amor como este afinal
Só Ele nos pode dar

Este amor é alegria, é salvação
Este amor é contentamento, é perdão
Que amor tão profundo o do meu Deus
Tão profundo, do mar até aos céus

Este amor tem para dar
Muita, muita satisfação
Quando a dor é mais forte
Quando já perdemos o norte
Ele consola o coração

Este amor vem de Deus
O nosso bondoso Salvador
Ele mandou o único Filho seu
Morrer por nós com infinito amor

Meu Deus, como tu nos amas
E só pedes o nosso coração
Aceita Senhor, aceita meu Deus
A nossa sincera oração

O amor- palavra tão falada
Nem sempre a praticamos
Nem sempre nós a damos
Esta palavra nunca explicada

Não tem explicação
Pois é imenso na imensidão
O amor de Deus é tão forte
Que faz ferver o coração

Veio de Deus em primeiro
Não abandonemos este amor
Também o recebemos primeiro
E acabou com a nossa dor

Meu amigo que não conheces este amor
Arrepende-te de coração
Humilha-te perante o Senhor
E receberás a salvação

Foto: Rafael Pires

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

A glória é para o Senhor

Sou pequena, simAliás, não sou nada(reduzo-me a pó)O meu Deus é grandeO contraste nada igualaSem Ele eu pereçoÉ claro, nada mereço!Sua infinita misericórdiaSeu imenso amor e perdãoJá abrange todo o meu coração. Poderei ao mais

Leia mais »

Onde Vais Portugal?

«Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.» Salmos 67:3Eu por ti, Portugal, enamoradaAcho-me desiludida mas, esperançadaCelebro o teu nome em fé abraçada. Um Portugal de saudade feitoConquistas penduradas ao peito. Portugal,

Leia mais »
war

War and Peace

Guerra… qual insanidadeRevestida de ódio, intrusãoSangue vivo da humanidadeJorrante em qualquer idadeVoracidade, sofreguidãoTriste realidade (que atenta meu coração) Guerra no mundo nossoE o nosso mundo absortoEsse poderio desmesuradoCresce hoje ao segundoE num segundo o inocente

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top