Fecho os olhos

pexels photo 9891992 Daria Nekipelova


Fecho os olhos e respiro fundo
Vagueio e percorro o mundo

Lembro-me da vida antes de um intruso
Que deixou o mundo confuso
Não havia medo do amanhã, parecia infindável
Esse intruso veio e não é confiável

Lembro-me dos rostos sorridentes
Agora distantes, trementes

Inspiro e expiro, cogito
Que a vida é dom inigualável
O sol nasce e vai embora
Volta deslumbrante na aurora

Que a flor seca e nasce o fruto
Lembrando o luto e o nascimento

Foto: Daria Nekipelova

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

As estações

Primavera…O sol espreita por entre as árvores cheias de flor.Os pássaros encantam chilreando, que amor!…O céu azul, os dias amenos…Por tudo isto eu te louvo, Senhor. Eu contemplo toda essa belezaTudo o que criaste com

Leia mais »
beijo

O desígnio de um beijo

Um beijo ardilosoQue o demo planeouUma proposta alicianteBeijo que o dinheiro comprouUm dos teus, manhosoE um plano repugnanteCom esse beijo te entregou O porquê de um beijo amargoCom sabor a traiçãoFoi-se o bem-querer(Milagres a acontecer)E

Leia mais »

Inspiração noturna

Era noite, tardavaE o silêncio se fazia sentirEu por escrever ansiavaE isso de dormir me impedia De facto pensei e até mediteiQue melhor seria não hesitarEra hora de descansarMas…não mais podia esperar O talento enterrar,

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top