Faz ó ó meu bebé!

pexels photo 5079883 Michael Morse

Sono tranquilo
Repouso sereno
Que doce amor
És tu meu pequeno

Sinto o doce palpitar
Da tua pequena existência
Minha ternura, minha vida
Sopro de eloquência

Dorme aqui no meu colo
Respira calmamente
És tu o meu tesouro
Neste mar de tanta gente

O mel a ti se compara
O encanto é tua graça
Meu amor pequenino
Faz ó ó que tudo passa

Quero embalar-te
Até ao amanhecer
Mas se eu me cansar
Para ti vou olhar
E hei-de prevalecer

O teu semblante é suave
Lembra flor de algodão
Como aroma primaveril
É o bater do teu coração

Flui nas minhas carícias
Meu bebé, minha candura
Melodia alegre, graciosa
Harmonia plena e pura
Que singeleza, que vida
Deus me deu de presente
Meu amor tão fofinho
Deixa a mamã contente
E faz ó ó de mansinho

2009. Dedicado ao meu filho. Foto: Michael Morse

Todos os direitos reservados.
É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste texto, por quaisquer meios, sem prévia autorização, por escrito, da autora.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top