Voar

pexels photo 556669luizclas


Ontem roubaram-lhe a bicicleta. Na garagem ficou, desolado.

Pedro não queria viver. Viver sem a camarada! A amiga de sempre… Não encontraria outra igual.

Decidido, raivoso, saiu depressa. Subiu as escadas, doido. Ligou à polícia, nervoso. Sozinho em casa, gritou.

Queria abalar o mundo. A sua predileta desaparecera!

E o seu encontro? Como ficaria a Marta?

O caminho era longínquo. Agora, o que fazer?

Traição pensaria ela, decerto! Logo o primeiro encontro!

«Não, nem pensar! Vou voar…»


2016. DESAFIO Rádio Sim nº 12. Histórias em 77 palavras. Foto: Luizclas

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

ludmila faneca

Ludmila Faneca

Ludmila Faneca. Fazia regime de amor. Fartou-se do engatatão… – O estafermo queria a mãe e a filha! É que não queria mais nada! Levou uma lamparina e não voltou. O cheiro a peixe afastava

Leia mais »
desafios de escrita, um nada

Um nada

Apareceu esgrouviado. Cabelo desfeito, roupa manchada. A mãe teve um sobressalto! – Meu filho, o que aconteceu? E ele nada discorria. Atirou-se para o sofá e sentiu-se de novo criança mimada. A mãe abanou-o, clamou

Leia mais »
valeu a pena

Valeu a pena

Agosto. Não me esquecerei. Entendi o teu semblante. Senti a tua dor, o teu desgosto. Foi-se a tua mãe querida desta vida.Estive sempre lá, nunca a contragosto. Sabes quanto te gosto. A tua sincera amizade,

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top