Seja realista com o seu adolescente!

foto internet texto de Andrea Ramos autoestima

Ajudar os adolescentes a ter mais autoestima é um dos meus objetivos. Por isso, escrevi o livro (Muda) O Meu Nome , pois ajuda jovens a sentirem-se mais confiantes, dando dicas de como a cultivar, através da personagem principal, a Renata.

Também desenvolvo programas nas escolas onde existam adolescentes, fazendo a sessão interativa «Tu tens valor». Escutando os professores, sei do impacto que esta sessão tem na vida dos jovens.

Por outro lado, decidi escrever 12 textos para abordar o tema autoestima e como ajudar pais e filhos e o respetivo relacionamento.

Definir expectativas realistas é o sétimo subtema.

Os pais de Renata sempre lhe dizem a verdade, sem que a subcarreguem ou que a façam sentir insuficiente nalgum aspeto.

Para que os adolescentes alcancem metas e não fiquem frustrados, seja um pai/mãe realista.
Quanto mais detalhes, melhor. Seja especifico e aborde os assuntos com clareza.
Avalie sempre as situações, as capacidades do seu filho, quais os recursos disponíveis.
Não tenha expectativas fora da realidade.

Os adolescentes precisam conhecer as suas limitações e áreas fortes.

Há que prever o tempo indispensável para cada atividade. Todos precisamos de tempo para alcançar objetivos, sem esquecer compromissos. Não se esqueça da importância de antecipar obstáculos ao longo do trajeto; este é um ensinamento para a vida. Aquilo a que chamamos de plano B, plano de contingência.

Os pais não exijam mais do que o filho está habilitado a fazer. Defina pequenas etapas geríveis. Reconheça cada etapa superada, celebrando juntos o progresso.

Pesquisem juntos. Aprendam juntos coisas novas. Deixe que o seu filho aprenda com as experiências de outras pessoas.

muda o meu nome escola carregado

Voltando à história do livro, a Renata tem uma amiga mais velha e aprende com ela. A amiga dá-lhe feedback, assim como os pais. Estes, por sua vez são flexíveis, ajustando expectativas à medida das necessidades da filha ou das circunstâncias.
São pais realistas que não matam as ambições da filha, pelo contrário, incentivam-na a ser melhor cada dia, a ter mentalidade resiliente, de forma equilibrada e saudável.

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

o meu mundo de papel Andrea Ramos escutar os filhos

Porque precisamos de escutar os filhos?

Como pais ou educadores, julgamos que sabemos tudo e que as crianças não têm nada para nos ensinar?Ouvir as crianças obriga-nos a parar. Podemos sentir-nos constrangidos. Estaremos preparados? Ouvimos que o elas têm a dizer?

Leia mais »

Dia Mundial da Bicicleta

Pois é, é hoje o Dia Mundial da Bicicleta. Foi instituído pela ONU.Nasci na terra das bicicletas. Aprendi a andar enquanto era pequena e os joelhos são disso prova.Certa vez, a minha avó levava-me de

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top