Olhar o Amanhã

Olhar o Amanhã

Quero olhar o amanhã
Crer no brilho da aurora
Que se ergue bondosa para todos

Quero confiar nos meus entes amados
Que me vão dizer a verdade, ensinando-me a vivenciar a dignidade

Quero olhar o amanhã tendo a certeza de que hoje me seguram se eu tropeçar e cair
E não me julgam erradamente

Sou criança ainda e não quero que me interrompam o futuro
Não preciso de me esconder atrás de alguém
E não suporto que me tratem com desdém

Quero olhar o amanhã num mundo melhor
Nesse mundo que é meu e dos outros todos

Sou pequena ainda, sou
O amor e o colo nunca me fizeram mal

Vou crescer sem medo exacerbado
Porque quem tenho ao meu lado
Me sustém, me apoia, me ajuda a avistar o além
Com a certeza de que o sol nos aquece, nos faz bem.


Poema publicado em Associação Família Conservadora
Dezembro de 2021

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

O Amigo fiel

Um dia encontrei um amigo tão queridoQue me deu seu perdão, me ofereceu salvação Ficou ao meu lado nos medos, nos anseiosNão se afastou, mas sempre me guardou Encheu a minha vida de alegriaTrouxe-me esperança

Leia mais »
respirar

Não consigo respirar

«(…) pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas;» Atos 17:25 «Eu não posso respirar» se escutou na praçaEm tom de desgraçaSe fez ouvir o eco

Leia mais »
zaqueu

Zaqueu

Corre, corre, Zaqueu, correNão percas a oportunidadeCorre, corre, Zaqueu, correE lá vai Zaqueu a toda a velocidade Corre, corre, Zaqueu, ofeganteE Zaqueu atravessa a cidadeCorre, depressa, vai à frenteJericó – Está lá muita genteÉ muita

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top