Nós os dois

40669594 1866800120099485 6692274816352780288 n

Deixa-me brincar!

Deixa-me fazer de conta e sonhar!

Deixa os meus olhos brilharem.

Não tenhas medo que eu explore.

Eu terei medo mas o segredo está na tua firmeza.

Eu serei capaz se tu acreditares.
Dá-me espaço.

Dá-me tempo.

Deixa-me ser criança.

Porque o tempo passa e não volta atrás.

E um dia irás perguntar
Porque não fui capaz de brincar.

Porque sonhei e nada concretizei.

Porque os meus olhos choraram.

Porque cresci de mãos dadas com a solidão.

E então irei responder
Que fui criança ao teu jeito.


Criança onde o medo roubou a minha esperança.

Cresci à pressa porque ansiavas ver-me adulto.

Choras o tempo perdido
Pelo tempo que não passaste comigo
Pelas alegrias que não vivemos.

Agora? Agora vou seguir em frente e não desanimar
Com a certeza que quero ser um pai exemplar.


Foto: internet

Assinatura-Andrea-Ramos

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, salvo em breves citações com indicação da fonte, sem prévia autorização da Autora.

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Reflexões

Não atires pedras julgando que não vão existir estilhaços Não penses no mal pensando que o bem aparece sozinho, do nada Não peças perdão só de boca sem coração Não semeies espinhos porque as rosas

Leia mais »

Ai se os Homens soubessem

Ai se os Homens soubessem que há regras de vida escritas num livro, que é o livro dos livros… lá vigora a única verdade. Ai se os Homens soubessem que Deus está tão perto, disposto

Leia mais »
se Tu

Se Tu fores comigo

Se Tu fores comigoVale a pena!Porque já avisto em esperança a metaAinda que ofusca…Sei que sou pequenaMas em Tua mestria faço a busca Se Tu fores comigoEu quero ir em frenteE dizê-lo a muita gente

Leia mais »

Artigos Recentes

Redes Sociais

Scroll to Top